Estrogonofe de camarão

O estrogonofe de camarão requer cuidado para que o camarão não fique borrachudo. Ponha uma panela de água para ferver.

Após a fervura, cozinhe os camarões crus por dois minutos.

Escorra e lave em água fria para interromper o cozimento.

Salgue moderadamente. Cuidado para não desidratar.

Prepare o molho: doure o alho, frite a cebola, acrescente a polpa, deixe cozinhar por 3 minutos.

Acrescente aspargos e o camarão cozido e deixe cozinhar por mais 1 minuto.

Desligue e acrescente o creme de leite.

Se quiser sofisticar a receita, quando a cebola estiver transparente acrescente uma dose de conhaque e deixe ferver.

Fonte:

http://aprenderacozinhar.blogspot.com/2009/10/estrogonofes-deliciosos-e-super-faceis.html

Anúncios

O mistério do camarão revelado

Antes de fazer um prato, é preciso conhecer as propriedades dos ingredientes para não cair em algumas armadilhas. Quem nunca fez um camarão borrachudo que atire a primeira pedra!

Primeiro conceito técnico:

Camarões têm MUITA água, muito mais do que a quantidade normalmente encontrada em outros ingredientes. Portanto, desidratam com muita facilidade. Até que seus camarões estejam cozidos, não coloque sal. Se colocar, o camarão perderá muito volume e ficará borrachudo.

Segundo conceito técnico:

Muitos vendedores de camarão conhecem esse segundo conceito: assim como perdem muita água, camarões também podem ser inchados com água. Basta pôr os camarões de molho em água gelada que incham como se fossem esponjas. Muitos adotam esta prática para aumentar o peso, o que faz com que ele reduza ainda mais quando vai à panela.
Compre camarões que estejam soltos na embalagem, quando congelados. Os que são artificialmente inchados soltam água no processo de congelamento e ficam grudados em placas de gelo.

Terceiro e mais importante conceito técnico:

Camarões cozinham muito, muito rápido. Só devem ser cozidos/fritos em água fervente/óleo bem quente, e muito rápido. Para cozinhar, deixe ferver a água, ponha os camarões sem nada de tempero, conte um minuto e pode tirar. A fritura leva mais ou menos um minuto também.

Fonte: 

http://aprenderacozinhar.blogspot.com/2009/08/camaroes-versatilidade-rapidez-e-muito.html

Camarões Internacional

Vamos tentar reproduzir aqui em casa o prato campeão de vendas do Coco Bambu: camarões internacional.

Trata-se de arroz cremoso gratinado com mussarela que leva, além do camarão, ervilha, presunto e molho branco.

Observação: gente, por algum motivo, não tentamos fazer esse prato. Além disso, não tenho a receita dele. Desculpem-me.

Brownie com nozes

Esse foi o brownie que preparei para receber as meninas. Na verdade, no dia em que elas vieram, eu não tinha pensando em colocar morangos por cima da calda de chocolate. E ficou muito bom! Sucesso total!

Comprei uma forma de teflon da Tramontina (my lovely kitchen) especialmente para fazer o brownie. No início, achei que a forma estava grande para a quantidade de brownie. Mas acho que brownie tem que ser um quadrado fininho mesmo.

A receita dizia que precisava envolver a forma com papel manteiga e depois untar com manteiga. Pensei que fosse ser difícil e que talvez não ficasse bom como o pão de batata não havia ficado. Mas ficou excelente! Todos gostaram! Fiquei muito, muito, muito feliz! Isso é muito importante para quem está aprendendo a cozinhar…

Minha mãe veio no dia seguinte a minha casa especialmente para comer do manjar. Até repetiu! A receita do brownie veio do blog Rainhas do Lar e você pode conferir aqui.

Pão de Batata

Essa é a primeira vez em que fiz, sozinha, pão de batata.

Ficou bonito, não ficou?

Cresceu, não cresceu?

Pena que não ficou tão gostoso. Na verdade, ficou com um gosto bem esquisito e que nos deu uns gases fétidos. O problema foi no fermento: por alguma razão, ele não funcionou direito. Fica para a próxima, quando a Cled virá em minha casa para me ensinar a tradição familiar.